A Exposição trouxe o olhar e a singularidade de três fotógrafos brasileiros.
Aconteceu no Centro Cultural Ariano Suassuna, a tão aguardada Expo Brasil Miami.
A exposição retratou a visão de três fotógrafos brasileiros em suas viagens ao exterior. A mostra teve a frente o fotógrafo Toddy Holland,.
Além de poder apreciar as belas fotografias reunidas no Centro Cultural, a grande festa de abertura contou ainda com a apresentação da Orquestra Sinfônica.
A exposição reúne os trabalhos dos fotógrafos Toddy Holland, Carlos Di Roberto Martinez e Ivonete Leite. Conheça um pouco mais sobre o perfil de cada um deles:
Toddy Holland
Toddy Holland, fotógrafo brasileiro desde 1993, especializou-se em fotografia publicitária desde que era proprietário da Ultra Comunicação Integrada. Ele tem como marca uma composição cuidadosa e iluminação direcionada.
Já teve trabalhos publicados para Embratur, Coca-Cola, Revista Playboy, Revista Sexy e Guias Quatro Rodas.
Carlos Di Roberto Martinez
Carlos Di Roberto Martinez nasceu em São Paulo. O hobby pela fotografia começou desde criança, por influência do pai. Publica fotos no Jornal Acheiusa, de língua portuguesa nos EUA, semanalmente. Participou de exibições em Tóquio, Londres, Ft Lauderdale, Miami e São Paulo.
Ivonete Leite
Mineira, nasceu em Juiz de Fora, cresceu e estudou no Rio de Janeiro, formando-se na Universidade de Direiro Cândido Mendes. A primeira viagem  para fora do Brasil foi para estudar inglês na Universidade de Nova Iorque em 1967.
Sua paixão pela arte da fotografia nasceu durante suas viagens de negócios e de férias  que a levou a visitar muitos países de culturas diversas.
Ivonete também participou de diversas exibições pelo mundo: Toquio, Londres, Fort Lauderdale e Miami.
Toddy Holland fotógrafo photographer

 




A noite de abertura da exposição BRASIL MIAMI foi um sucesso, super prestigiada, obras vendidas, coberturas de TVs e imprensa em geral.

Parabéns a todas as pessoas envolvidas diretamente e indiretamente e aos artistas que participaram.

Artistas participantes: Antonio Lima, Carlos Eduardo Martinez, Ivonete Leite e Toddy Holland.

Coordenação de projeto e Photo Tour: Floriana Martinez
Galeria: Galeria Louro & Canela | Jonas Lourenço e Jô Cortez Lourenço



 




Prêmio  PRESS AWARDS MÉRITO PROFISSIONAL – ABI INTER

Para esse prêmio não existe inscrição. Cada veículo de Comunicação membro da ABI Inter (Associação Brasileira de Imprensa Internacional) escolhe um profissional para homenagear e ter o mérito do prêmio.

 




A versão 2015 do Brazilian Eyes veio bem melhor. Dessa vez realizada em duas galerias.

Fotos: Bill Coelho

 




387.889 votos em várias categorias definiram os finalistas aos Prêmios de Arte & Cultura 2015.

.

Concorrendo com 34 fotógrafos indicados, Toddy Holland, está entre os 5 finalistas mais votados do Press Award 2015.

A primeira fase da votação foi online e a escolha final será feita agora por um colégio eleitoral.

A entrega da premiação em cerimônia no dia 9 de maio, no Amaturo Theater do Broward Center for the Performing Arts.

 




Toddy Holland o realiza exposição em Manhattan, Nova York  juntamente com a artista plástica Marina Lisita

A exposição 80 GRAUS aconteceu de 9 a 26 de dezembro de 2014

 




Embaixadora do Brasil em Londres

Recebendo homenagem das mãos da Embaixadora do Brasil em Londres

 




Realizada na Embaixada do Brasil em Tóquio no espaço Manabu Mabe

Embaixador André Corrêa do Lago do Brasil em Tóquio

Recebendo homenagem durante o Press Award Japão das mãos do Embaixador André Corrêa do Lago do Brasil em Tóquio

Capa do livro do Focus Brasil em Tóquio com foto de Toddy Holland

 




Local: ArtServe
1350 E. Sunrise Boulevard, Fort Lauderdale, FL 33304
www.artserve.org

Embaixador Hélio Vitor Ramos Filho,  Cônsul geral do Brasil em Miami

A maquiadora Andrea Felizardo

O fotógrafo Alex Kolrolkovas

Satisfação em ter a minha foto na capa do catálogo

 




 




A exposição RedEYE REboot aconteceu no Artserve em Fort Lauderdale.

Expusemos uma instalação de seis peças em metacrílico 12″ x 12″ x  2″ de nome “Second Skin”.

RedEye é uma americana exposição de arte e entretenimento e é caracterizado pela arte de rua, arte em quadrinhos, arte corporal, urbano inspirado e arte de ponta e comentário social.
Toddy Holland vem realizando excelentes projetos de Fine Arts.
 




Exposição coletiva Brazilian Eyes

Data: 1 a 7 de maio de 2014

Local: Fort Lauderdale – Flórida – USA

Galeria: ArtBlend

Os trabalhos da mostra ilustram um livro homônimo.

 




Aconteceu de 20 de novembro de 2013 a 20 de janeiro de 2014 na Usina Cultural da Energisa, a exposição do fotógrafo Toddy Holland de nome “20×40”, que comemora 20 anos de carreira e 40 de vida.

A Exposição 20×40 fica aberta ao público até o dia 20 de Janeiro de 2014 (aniversário de 41 anos do fotógrafo)

Local:
Usina Cultural Energisa.
Av. Juarez Távora (Continuação da Av. Epitácio Pessoa), 243 no Bairro da Torre.

Horários:
Segunda a Sexta: 8h às 11h e 14h às 17h
Sábado e Domingo: 14h às 17h

__________________________ _____________

A exposição 40/20, do fotógrafo Toddy Holland, nascido Custódio, celebra seus 40 anos de existência e 20 de batente. Mais do que isso, marca uma vida inteira de um irresolvível paradoxo. Abra bem os olhos e você vai ver a força das suas imagens. Um milhão de megatons nas cores de alguém, cujo próprio olhar não pesa mais que branco-nuvem. Aposto um arco-íris que é essa energia acumulada na luz que suaviza sua pessoa.

Esta é a incrível história de um cara que perde as frases no meio porque vê o azul do céu. Que é fotógrafo porque já nasceu artista, não o contrário. É do âmago do seu conflito interior que vem toda a capacidade que ele tem de criar, sair do real. Toddy nunca foi Custódio, já nasceu invenção.

Max Leal
Amigo e Publicitário

_______
Curador: Antonio Lima
Montagem e produção: COLÔNIA PRODUÇÕESFábio Henrique, Karina Moreno, Edivan Teté Duarte

Apoio Cultural:
Construtora Massai

Agradecimentos:
Martha Queiroga
Nadja Passamani
Lilian Leite

 




Aconteceu em setembro de 2013 na Massai Experience, a exposição do fotógrafo Toddy Holland de nome “20×40”, que comemora 20 anos de carreira e 40 de vida.
________________________________

Texto de Max Leal:

MEGATONS DE BRANCO-NUVEM: 20 ANOS DE INVENÇÃO
A exposição que vocês estão prestes a apreciar é resultado de um paradoxo. 40 anos de existência, 20 anos de trabalho e uma vida inteira de um irresolvível paradoxo. Não precisa conhecer Toddy, nascido Custódio, para perceber dois polos que nele se contrapõem e se equilibram.
Abra bem os olhos e você vai ver a incrível força das cores em suas imagens. Está lá sempre: um vermelho que tira a calma, um preto-e-branco que te leva longe, um azul que te põe pra dormir. Aposto um arco-íris que é essa energia acumulada na luz que suaviza sua pessoa.

Eis o conflito: um milhão de megatons nas cores de alguém, cujo próprio olhar não pesa mais que branco-nuvem.

Abra bem os ouvidos. Ouça-o bem. Quando estiver com ele, perceba-o. Você vai ver que, não raro, Toddy perde a frase no meio (“Por que eu tava falando isso mesmo?”), como quem deixa cair um objeto no chão. Ou faz aquelas perguntas desconcertantes de um jeito tão suave que dá vontade de responder sem pensar. Perguntas que você não estava preparado para ouvir.

Toddy é capaz de te por contra a parede, sem que você sequer perceba – muito menos ele. E vive se metendo em encrenca por causa disso. Tem gente que não compreende. Já ri muito com as histórias que ele mesmo me conta. Sobre gente que não entende o que ele diz. Sobre as situações que só acontecem com ele. É um menino dando um rolé no mundo dos adultos. Toddy ainda não banalizou a alma e vai continuar achando feio e estranho o que for feio e estranho.

Esta exposição é a incrível história de um cara que perdeu a frase no meio porque viu o azul do céu. O tipo de coisa que, para nós, é só coisa; mas que, para ele, é outra coisa. É a incrível história de um sujeito que pode se transformar no que quiser – publicitário, surfista, videomaker, apresentador de televisão, mas que escolheu ser fotógrafo, porque já nasceu artista. Fotógrafo porque é artista, não o contrário.

Abra bem os olhos, os ouvidos, o coração. Você está prestes a conhecer alguém que sempre foi paradoxo, contradição, luta infinda entre a força das cores e a leveza do ser. É do âmago desse conflito que vem toda a sua capacidade de criar, imaginar, sair do real. Repare: Toddy nunca foi Custódio, já nasceu invenção.

Max Leal

Amigo e Publicitário

Entrevista para TV Massai

Entrevista para TV Master

Ricardo Castro – RC Vips

Isa Monguilhott – Ganhadora do sorteio da obra

 




 



Ver todos
Página 1 de 161234510...Última »


© 2012 - Toddy Holland - + 55 83 8838 9848 Tim | 8790 0199 Oi

Carregando...